Compartilhe
Ir em baixo
Marcelo Luiz
Marcelo Luiz
Sargento
MENSAGENS : 521

REPUTAÇÃO : 768

Diferente, indiferente...

em 6/2/2019, 20:00
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Focado, persisto e insisto... Sonhando nos meus pensamentos, acredito realizar essa auto-imagem perfeita de quem devo ser.
Os tempos passam e a necessidade de agir firme são maiores a cada dia. Por mais que eu gostasse de levar tranquilamente a vida, sorrindo e rindo, muitas das vezes foi da pior forma que aprendi a ser sério.

A vontade de agradar aos outros passa quando se amadurece. Percebe-se que com todos devemos ser amáveis, justos, compassivos... São iguais a nós no fim das contas, porém, todos querem comodidade, facilidades, fácil manejo. E é quando se acha alguém que pouco se mantém e facilmente se deixa levar é que encostam sem esforço.
Aí vem os abusos. Favores em excesso, falta de reconhecimento, falta de respeito de inspiração, passam a pouco se importar com suas expressões.

E não adianta fugir, estará fugindo de si. Você conhece o reflexo de si, assim como age com os outros, agirão com você.
Ou muda, ou convive. E é aceitando, perdoando, respeitando seu processo até aqui, que se conhece a mudança.

Me tornei difícil. Aprendi a ver tudo com outros olhos, o valor próprio perante aos outros. Nada de ego ou orgulho, mas sim de respeito e interesses.
Por que devo me preocupar com mesquinharias? Direciono ao que me importa! Faço por onde para merecer o que desejo, mas nunca me deixo levar pelo status.
Não me misturo com invejosos, comentaristas, críticos, fofoqueiros, egocêntricos... Mas também aprendi a sair do meio dos "fracos", vítimas, oprimidos, rejeitados, "bonzinhos não reconhecidos".

Não estou acima de ninguém e nem quero, mas muito menos vou me misturar com que não enxerga o lobo dentro de si, esperando migalhas de mãos cheias de esperanças vazias. De 'compaixão', o mundo da falsidade e interesses próprios já está cheio.

Já me cansei, não me importo mais. Um dia me preocupei sobre ser visto como fechado, difícil, metido, mas quer saber? Que se dane... Assim se afastam os falsos. Atraio e mantenho quem me fizer bem. Serei justo e simpático com todos que merecerem e se mostrarem respeitosos, mas ao primeiro sinal de acomodação em minhas costas, serão mandados de volta de onde vieram, já não tenho mais paciência e tempo para ficar agradando e muito menos aturando gente duas caras e de pouca índole ao meu lado, não sou como eles, logo não me misturo e nem perduro por perto.

Me vi perdido. A vida sem sentido, emoções sem correspondências. Situações sem sentido e momentos que nunca acreditei passar desde o passado. Mas me fez aprender.
Reprogramei tudo, me fiz do zero em pensamento e criei uma realidade só minha. Meus ambientes, meu modo de agir e minha personalidade travada foram todos mudando. O início foi pior, tive de dizer nãos, recusar convites e aceitar outros. Aprender a fazer coisas novas. Ser duro na queda e reclamar menos. Acreditar mais no meu potencial e visualizar o infinito para acertar pelo menos ao longe. E pouco a pouco foi fluindo, de degrau em degrau subi vários andares. 

E hoje estou aqui, me sentindo bem, sendo quem sonhei e vendo o mundo um pouco mais real do que tudo aquilo ao qual eu temia.


#SemperViri

______________________________________________________

"Para ser capaz, a qualquer momento, de sacrificar o que somos pelo que podemos ser"
I live to be the best!
"Não vou deixar a tristeza conseguir me dominar, saí do coma do passado pra reinar esse presente, juntei toda a humilhação e voltei bem mais potente"
Aprendiz na platéia da vida e prático na estrada da emoção!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum